Há alguns meses eu terminei de ver Prision Break, e não posso deixar de indicar essa série, a vocês também amantes desse mundinho.

Não é uma seria nova, ela começou em 2005 e terminou em 2009, deixando um bom número de fãs dessa fuga incansável que foi todas as temporadas.
A primeira temporada é a melhor na minha
opinião.
Tudo começa quando o
irmão de Michael Scofield, o Lincoln Burrows, está no corredor da morte e será executado em alguns meses, após ser condenado por um assassinato, que Michael está convencido que Lincoln não cometeu. Michael decide assaltar um banco para ser preso e levado para a Penitenciária Estadual Fox River, o mesmo local onde seu irmão está a cumprir pena.

A melhor parte é que Michael, que é um engenheiro estrutural, com as plantas da prisão tatuadas no corpo, começa a executar um elaborado plano para libertar Lincoln e provar sua inocência.

E la dentro começam as aventuras, amizades, furadas e alianças com diferentes grupos de prisioneiros, e é claro que também tem romance com a Dra. Sara Tancredi que eu não vou falar, tem que assistir para saber como começa essa história de amor.

Na segunda e terceira temporada entra novos personagens, e a outro tipo de fuga. A princípio eu achei sem graça, a história em si fica menos interessante, mas continuei firme e a série começa a fazer sentido e fica emocionante novamente.

A última temporada é tão boa quanta a primeira, os inimigos de todas as outras temporadas, se unem por um resgate maior, e todos viram “amigos”, e fica e l e t r i z a n t e. Sério, tive que ver toda em um final de semana.

Sobre o final

Diferente de outras séries, o final eu achei muito digno e bastante coerente com toda a série.
O último episódio foi ao ar com DUAS HORAS de duração, e não foi para menos. Precisavam explicar muita coisa, pois pularam 4 anos no futuro, pessoas reaparecem nos episódios e depois vem esse último episódio, o “Final Break”. Sem contar um pequeno e emocionante ocorrido com a Dra. Sara, e uma doença com um personagem bem no final, que eu também não vou contar, porque nesse momento eu fiquei falando com a TV, porque foi meio chocante. Hahahaha.

Gostei do final que cada personagem teve, principalmente Tbag que foi um traidor do inicio ao fim. Fugiu um pouco do clichê de que os mocinhos vivem felizes para sempre com sua família, o que é meio triste, ou melhor, bem triste, porque os caras fogem, lutam, escapam… mas foi muito original.

Opinião

Resumindo em poucas palavras, essa série, está entre as minhas favoritas, porque eu a achei super bem pensada, nada é em vão, as coisas que acontecem durante as temporadas, depois vão se explicando, é uma série que te surpreende o tempo todo de forma positiva.
Para mim Prision Break vai deixar saudades, os últimos minutos foram inesquecíveis, ver toda a turma reunida, foi muito massa. Sei que eu já dei um bom resumo (e spoiller), mas o final é emocionante, eu quase chorei, e vocês precisam ver.

Novidade

MAAASSS, para os fãs, eu tenho uma boa novidade, bem fresquinha: A Fox confirmou a volta do seriado Prison Break com atores principais. Ieeeeeee!
Sim, é oficial, em agosto desse ano, Dana Walden, presidente e CEO da Fox, afirmou que, além Scofield e Burrows, outros personagens icônicos vão voltar ao seriado e que os novos episódios vão tanto responder mistérios que ficaram nos últimos episódios como agradar uma nova audiência. “Vai começar do ponto em que deixamos Scofields no final da temporada.”

Ou seja, se você ficou com dúvida, vocês que desejou outro final, AGUARDEM!
Eu estou ansiosa para essa nova temporada, será no formato “série limitada”, com aproximadamente 10 novos episódios, como se fosse uma quinta temporada, a previsão é que ela vá ao ar a partir do segundo semestre de 2016. Minha sugestão, vai assistindo desde a primeira temporada, para que quando sair a “nova temporada” vocês já estejam preparados.

 

Share this story

COMMENTS Expand -
ADD A COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado.