Meditando sobre gratidão semana passada, até fiz uns histories no instagram, parei para pensar como devemos ser gratos pelo que somos e temos. Quando nos damos conta da realidade de pessoas e crianças que não tem teto nem comida, fica muito fácil de ver como temos muita coisa, como a diferença é grande, nessas situações. Mas será que só vendo esse tipo de situação que nos damos conta? Acredito que todos os dias ao acordar devemos ser gratos, gratos por tudo. Pelo fato de acordar, de ter uma casa, ser saudável, ter amigos e familiares e tantos outros motivos que não faltam para agradecermos.
  Quando vemos casos de extrema pobreza e abandono que vemos o quão privilegiado somos. Eu sou o tipo de pessoa super para frente, sempre grata, sempre vendo o lado bom das pessoas e acredito que mesmo aparentemente sem muitos motivos, devemos agradecer a Deus pela nossa vida.

   Sou o tipo de gente sonhadora, daquelas que faz listas de desejo e sonhos. Fiz uma lista no início do ano passado, junto com Felipe, de lugares que queríamos conhecer nos próximos anos. O primeiro da minha lista era França – Paris e a lista segue cheia de cidades e países… Ano passados tivemos o privilégio de conhecer a França, como já falei por aqui em outros posts, mas poucos sabem dessas minhas listas. Estar lá foi um sonho realizado, foi um privilégio e meu coração quase não aguentava de tanta gratidão e felicidade. Quando chegamos no aeroporto de Paris, olhei pela janela e falei “estamos em Paris amor”. Nunca tive a oportunidade de conhecer países, nem se quer de poder viajar como temos viajado.

   Esse ano, em maio, conhecemos New York , lugar numero um da lista de paises do Felipe, estava na minha também, mas Paris é para mim como New York é para Felipe. Foi uma viagem cheia de emoções, experiências, aventuras e sentimento de gratidão enorme. Para mutos foi apenas mais um casamento fora do Brasil, mas para nós foi um privilégio sem tamanho. Quem conhece a família Subirá e Huber sabe quem são e o nível de responsabilidade que tínhamos nas costas. Foi uma experiência ímpar, que provavelmente conte com mais detalhes em outro post.

   Resumindo esse ano vamos riscar mais países da lista, não que viajar seja tudo na vida, pra quem gosta é sim algo muito interessante, mas minha maior gratidão é ver como tudo isso aconteceu, ver como Deus age e nos surpreende com seu cuidado, carinho e atenção até nos mínimos detalhes, Ele nos conhece melhor do que ninguém. Seja sempre grato, você só tem a ganhar! 

França-28

Foto: Casal Original

Acompanhe nosso trabalho de fotografia em Portugal e no mundo todo Casal Original.

Share this story

COMMENTS Expand -
ADD A COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado.